Contee realiza pesquisa sobre campanhas salariais 2018

Brasília-DF, terça-feira, 14 de agosto de 2018


Brasília, quinta-feira, 24 de maio de 2018 - 10:20

Contee realiza pesquisa sobre campanhas salariais 2018


Por: Contee

“Está disponível no portal da Contee uma pesquisa de alta importância para o monitoramento das campanhas salariais da categoria em 2018. As entidades deverão responder um conjunto de perguntas para a formação do banco de dados da campanha, que envolvem ensinos básico, superior, técnico e todos”, informa o coordenador da Secretaria de Organização Sindical, Oswaldo Luis Cordeiro Teles. Leia mais.


O link para as entidades está disponível no endereço http://siscontee.org.br. Caso não tenha senha, ligue para a Contee, 61 3226-1278.

Todo apoio à luta dos profissionais do ensino por direitos e qualidade da educação
 

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino – Contee saúda a luta que os professionais de sua base estão travando, em todo o país, por ensino de qualidade e condições dignas e justas para os trabalhadores. Em vários locais, a intransigência patronal e o intento dos empresários de retirar direitos da categoria têm obrigado os funcionários a paralisar as atividades e a realizar manifestações denunciando seus objetivos – centrados no aumento de seus lucros, e não na melhoria dos serviços prestados aos alunos.

Neste ano, em especial, o empresariado que atuou pelo golpe contra a presidenta Dilma se aproveita das benesses que o governo ilegítimo de Temer lhe proporcionou. A reforma trabalhista, a terceirização irrestrita e a proposta de reforma da Previdência atingem em cheio o setor educacional e a sala de aula. A Lei 13.415/17, da reforma do ensino médio, rebaixa a formação dos professores, destrói as licenciaturas e deteriora a qualidade do ensino, permitindo a substituição do professor pela contratação de qualquer pessoa com “notório saber”.

Em sua ofensiva pelo lucro, ao tempo em que reajustam as mensalidades acima da inflação, os empresáriso tentam diminuir os salários de professores e trabalhadores administrativos das escolas. Orquestrados nacionalmene – suas propostas são praticamente iguais  em todas as unidades de Federação, os donos de escolas querem acabar com conquistas sociais da categoria, aumentar a atividade extraclasse e reduzir o valor pago. Querem retirar dias de recesso, férias coletivas, garantia semestral de salários e bolsas de estudo para filhos de professores.

A luta destes profissionais conta com o apoio da comunidade escolar, que compreende que seu objetivo é o de estar em sala de aula com dignidade, saúde, qualidade de vida e de trabalho. Uma atitude necessária para a manutenção e ampliação de direitos trabalhistas duramente conquistados. Ultrapassa as causas trabalhistas, defendendo a educação como direito social, como direito de todos, não como mercadoria.

Estes movimentos reforçam o sentimento de que é preciso repensar o papel da educação no país. Sem educação não se constrói uma nação.
Todo o apoio à luta dos trabalhadores no ensino!

Belo Horizonte, 23 de maio de 2018

Diretoria Executiva da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino — Contee









Últimas notícias

Notícias relacionadas



REDES SOCIAIS
Facebook

Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar em Estabelecimentos Particulares de Ensino no Distrito Federal

Ed. Venâncio IV, Sala 403, 4° andar - Setor de Diversões Sul - CONIC
Brasília/DF - CEP: 70300-000
Telefone: (61) 3034-8685 - Fax: (61) 3034-8688
sec.saepdf@gmail.com